Carta para aqueles que merecem meu sim e meu não

Bem, amo escrever, mas estou naqueles momentos práticos sabe? Aqueles em que é necessário dedicar-se mais aos estudos, trabalhos, entre outras coisas.

Faz dias que escrevo milhões de coisas na minha cabeça, mas quando chega a hora de passar pra cá fico muda, estática olhando pro monitor. Talvez seja apenas uma fase ou talvez eu tenha me acomodado. Acho que é a segunda opção.

Me acomodei por não querer escrever os meus pensamentos. Acho que percebi o quanto preciso mudar algumas coisas, pelo meu bem e pelo bem daqueles que me amam.

Você já sabe o que precisa mudar?

Eu estou sempre mudando, acho isso importante pro meu crescimento, mas como já havia comentado aqui no blog, algumas coisas nunca mudaram, mas agora chegou a hora.

Por exemplo, chegou a hora de gastar minhas energias apenas com quem realmente precisa e valoriza o meu esforço. Ser “boazinha”, “Madre Teresa”, nem sempre é sinônimo de caridade, mas sim medo de dizer não, de não ser a “queridinha” de todo mundo. Creio que não preciso me esconder mais atrás disso, então seu eu disser um ‘Não” pra você, não se assuste, eu apenas preciso obedecer minha consciência e seguir em direção às minhas prioridades.

Você sabe dizer não?

Outra coisa importante, da mesma forma que escutei várias vezes que ninguém tem OBRIGAÇÃO de me ajudar, eu também não tenho essa OBRIGAÇÃO.

Fazer algo por alguém deve ser uma escolha realizada na liberdade.

Então, da mesma forma que não vou obrigar ninguém a fazer nada por mim, por favor, não sinta o direito de me obrigar a algo também.

Até aqui ficou claro, saber dizer não e não sentir-se obrigada a nada.

Existe uma coisa chamada gratidão. Algumas pessoas foram tão importantes na minha vida, fizeram tanto por mim e fazem ainda. Para essas pessoas, sempre será difícil negar algo e acredito que qualquer sacrifício por elas será recompensador.

Quem são essas pessoas para você?

Ok, mas não tem aquela história de que devemos amar ao próximo como a nós mesmos??

Simm, mas entenda por favor, porque eu também demorei a entender, amar não significa ser bobo, amar também é dizer não, também é ajudar o outro a perceber seus erros. Quer exemplo maior que todos os “nãos” que nossos pais nos deram. Eles certamente queriam nos ensinar que nem tudo que queremos vamos ter na hora que queremos e do jeito que queremos.

Parece tão bobo né?…eu escrevendo agora pareceu, mas quantas decepções tive que ter pra entender essas coisas?

Muitas.

Amigos que nunca foram amigos. Lágrimas que nunca foram vistas. Mágoas e mais mágoas que vieram de tantas indiferenças e ingratidões.

Deus cura tudo isso, mas é preciso coragem pra mudar, pra dizer Não e também para dizer Sim!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s